Pesquise Aquí

Pesquisa personalizada

domingo, 8 de maio de 2011

Desenvolvimento Infantil Outros Aspectos.

0 comentários
Devemos considerar que em uma pessoa aspectos físicos, intelectuais e sociais se desenvolvem ao mesmo tempo.

São Eles:
- aspectos físicos que dizem respeito ao desenvolvimento biológico;
- psíquicos ao desenvolvimento do emocional;
- intelectuais ao das funções cognitivas;
- sociais aos de relações com outras pessoas;
Assim sendo, o desenvolvimento da criança ocorre de acordo com a relação existente entre as possibilidades biológicas e mentais que possui e a presença de seus desejos as normas sociais e culturais.
Os primeiros anos de vida de uma criança são marcados por grandes transformações e descobertas. Aos poucos, começam a entender o mundo em que vivem e aprendem a lidar consigo mesmos e com os outros.


Fases do desenvolvimento infantil

De 0 à 2 anos - a criança, através de instintos, tenta satisfazer suas necessidades. Notam que suas necessidades são satisfeitas por uma pessoa diferente dela mesma, com isso teremos a principal caracteristica afetiva dessa fase, a dependência e a necessidade de um adulto para sobreviver.

De 3 à 4 anos - a criança começa a adquirir uma certa independência, não precisa que um adulto atenda suas necessidades. Assim o papel do adulto é de auxiliar a criança a satisfazer suas necessidades utilizando seus próprios recursos. A principal vivencia nessa fase é a percepção de que produz algo (representado pelas fezes e urina) e que possui capacidade para controlar tal produção, ou seja reter ou eliminar.Essa fase irá influenciar no aspecto intelectual (escrita, leitura, desenhos e brincadeiras).

De 5 à 6 anos - é vivenciada pela criança a descoberta dos seus genitais e o de outroas pessoas. Uma característica importante dessa fase é o sentimento de inveja que surge devido à idéia de "tudo o que pertence ao outro é melhor que o meu".

De 7 à 12 anos - O pensamento pode ser usado para resolver problemas reais. Há maior capacidade para considerar o ponto de vista dos outros e uma maior flexibilidade. A criança ainda não possui repercussões de consequências futuras das ações. Elas estão limitadas a pensar de modo abstrato não se desenvolve até a adolescência.

Podemos concluir que o desenvolvimento infantil inicia-se como uma forma de adaptação à realidade que cerca a criança; depois passa a ser uma curiosidade pelo mundo a sua volta e chega até o desejo de aprender, buscando respostasaos seus questionamentos.

Fonte: Guia do Bebê/Papalia, D.E; Olds, S.W. O mundo da criança.

Ache Aquí

Pesquisa personalizada
 

PARTO CESÁRIO OU (CESARIANA) Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez